Putin elogia Copa e promete cooperação para Olimpíada


A Rússia sediará a próxima edição da Copa, em 2018, e recebeu neste ano a edição dos Jogos Olímpicos de Inverno. Foto: AFP

Em declaração à imprensa após audiência com a presidente Dilma Rousseff, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, elogiou o "alto nível" da organização da Copa do Mundo do Brasil e prometeu uma cooperação conjunta em matérias envolvendo a organização de megaeventos esportivos. A Rússia sediará a próxima edição da Copa, em 2018, e recebeu neste ano a edição dos Jogos Olímpicos de Inverno. O Rio será a sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

"Sabemos o quão alto foi o nível da organização da Copa do Mundo do Brasil. Foram necessários esforços financeiros e de organização e seremos os anfitriões em 2018. Ao mesmo tempo, o Brasil vai ser o centro dos Jogos Olímpicos, em 2016. Nós, como sabem, realizamos os Jogos de Inverno e vamos cooperar também na troca de experiências nessa matéria", afirmou Putin.

O presidente destacou que o Brasil é um "dos maiores parceiros" comerciais da Rússia - as trocas comerciais entre os dois países dobraram nos últimos dez anos, disse. "Temos um número de iniciativas novas no plano de ação conjunta no desenvolvimento da cooperação bilateral. Várias companhias russas estão entrando no mercado brasileiro. Vamos produzir (no Brasil) equipamento para centrais elétricas, terminais ferroviários e construção de aviões", afirmou Putin.

"É preciso desenvolver nossos contatos nas áreas de pequenas e médias empresas. É de grande importância ainda cooperação na área humanitária", acrescentou. Putin ainda lembrou que vai buscar promover a participação brasileira na união alfandegária que a Rússia está fazendo com Bielo-Rússia.