Grupo A

Brasil, Croácia, México e Camarões

O Brasil levou sorte no sorteio da Copa do Mundo. Caiu ao lado de seleções que até possuem presenças relativas nas Copas, mas que não vivem um grande momento. Croácia só passou depois da repescagem europeia, o mesmo caso do México - teve que enfrentar a Nova Zelândia. Já Camarões não coloca mais tanto medo nos adversários como no passado. A chave parece bem tranquila para a Seleção Brasileira. A Croácia deve vir como segunda força pelo mau momento dos adversários e por possuir alguns jogadores de maior qualidade, como Luka Modric e Mario Mandzukic.


O favorito - Brasil

Foto: Rafael Ribeiro | CBF

Fica difícil não apostar no Brasil como primeiro neste grupo, ainda mais por estar jogando em casa e demonstrando boas apresentações como na Copa das Confederações. Se a seleção comandada por Felipão não vencer os três jogos, será uma surpresa na primeira fase do Mundial.

Segunda força - Croácia

Foto: CBF

Os croatas chegam como segunda força da chave não pelo futebol que estão apresentando ultimamente, mas pela fraqueza dos outros adversários. A Croácia só se classificou depois da repescagem europeia. A equipe do Leste europeu deve vencer os seus dois outros jogos, contra México e Camarões.

A zebra - Camarões

Foto: AFP

Os Leões Indomáveis não são mais os mesmos. Chegam com um nível técnico abaixo das outras vezes em que disputaram uma Copa. O grande astro ainda é o atacante Samuel Eto'o, que tem 33 anos. Se os africanos passarem de fase, será uma grande zebra.


O jogo - Brasil x Croácia - 12 de junho - Itaquerão, em São Paulo

O duelo entre brasileiros e croatas já tem um favorito destacado: os donos da casa. No entanto a partida vale como principal do Grupo A por ser a abertura da Copa do Mundo. Todos irão estar de olho neste jogo no dia 12 de junho.


Foto: Rafael Ribeiro | CBF

O craque - Neymar, Brasil

O atacante do Barcelona é a grande esperança da Seleção Brasileira na busca pelo hexa. Dotado de talento individual diferenciado, Neymar é capaz de decidir uma partida com apenas um lance de genialidade. Se não for o grande nome do Grupo A na primeira fase, será uma decepção.



Fique de olho - Mario Mandzukic, Croácia

Se Neymar é o craque, o croata Mario Mandzukic é o jogador para ficar de olho na chave. Com um grande faro artilheiro, o atleta não costuma desperdiçar as chances que tem, principalmente dentro da área. Sorte dos brasileiros que ele está suspenso do primeiro jogo por causa de expulsão na repescagem europeia.

Foto: AFP


Curiosidade

Brasil e Croácia já fizeram um primeiro jogo de grupo em mundiais anteriores. Em 2006, abriram o Grupo F. Na época comandada por Parreira, a Seleção venceu por 1x0 com gol de Kaká.



A aposta

Brasil em primeiro e Croácia em segundo